Gastronomia das Ilhas da Prefeitura de Belém movimenta o turismo e a economia em Mosqueiro

Gastronomia das Ilhas da Prefeitura de Belém movimenta o turismo e a economia em Mosqueiro

A ilha de Mosqueiro, distrito de Belém, recebe, neste fim de semana, a segunda edição do Festival Gastronomia das Ilhas, realizado pela Prefeitura de Belém com o objetivo de fomentar o turismo gastronômico no local. A abertura do evento ocorreu na manhã deste sábado, 14, na praça Matriz de Mosqueiro, no bairro da Vila.

Referência internacional – Na programação, houve apresentações culturais prestigiadas por turistas e moradores de Mosqueiro. O prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, foi o responsável pela abertura do festival. “Belém é uma referência internacional na gastronomia. E desta vez, Mosqueiro foi contemplada com esse festival, que atrai turistas e movimenta a economia na ilha”, disse o prefeito. 

O festival Gastronomia nas Ilhas é uma iniciativa da Prefeitura de Belém, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Administração de Áreas Metropolitanas (Codem) e da Coordenadoria de Turismo de Belém (Belémtur). Em Mosqueiro, o festival conta ainda com o apoio da Agência Distrital de Mosqueiro (Admos). 

Participam do festival 18 restaurantes de Mosqueiro, com pratos que valorizam a culinária local e amazônica. Cada prato participante custa R$ 59,90, com direito a entrada, prato principal e sobremesa. 

Iniciativa aprovada – O engenheiro agrônomo Walter Cardoso foi um dos turistas que visitaram a ilha de Mosqueiro neste fim de semana. Animado, ele  aprovou a iniciativa do festival na ilha. “Mosqueiro tem muito locais que precisam ser difundidos. Por isso, festivais como esse cumprem esse papel. A prefeitura tá de parabéns por essa iniciativa”, afirma o engenheiro. 

Filé de dourada com molho de camarão – Um dos pratos participantes do festival é do restaurante do Pinguim, na praia do Chapéu Virado. Ele é composto de filé de dourada com molho de camarão, tendo como entrada um bolinho de pirarucu e como sobremesa um doce de banana. A proprietária do estabelecimento, Rilce Rachide, manifesta a satisfação ao receber o festival, por se tratar de um momento muito especial para a ilha de Mosqueiro. 

“Festivais como esse alavancam a nossa economia, melhoram nosso atendimento e fortalecem nossa economia. Os ciclos de formação foram bem proveitosos para a gente. Espero que aconteça mais vezes aqui na nossa querida Mosqueiro”, diz Rilce Rachide. 

Certificação – Os proprietários e atendentes dos restaurantes participantes do festival gastronômico também foram certificados, pela Prefeitura de Belém, com cursos de atendimento ao público e manipulação de alimentos. Um desses profissionais capacitados foi o empresário Felipe Paes, proprietário do restaurante Samambaia, na praia do Farol.

“Com essa certificação nós atendemos melhor o nosso turista e o morador da ilha também. Quanto mais conhecimento melhor, na busca de uma excelência no atendimento”, diz o empresário.

Políticas públicas para Mosqueiro – O Festival de Gastronomia nas Ilhas em Mosqueiro é mais uma ação da Prefeitura de Belém em favorecimento da economia da ilha. Além dessa ação, a gestão municipal vem realizando diversas reformas em unidades de saúde, que já foram entregues revitalizadas e em outras que já estão em fase final. A prefeitura também já asfaltou mais de 14 km de vias em Mosqueiro, em parceria com o Governo do Estado. Escolas estão sendo revitalizadas também na ilha.

“Alimento e gastronomia são importantes. Mas também é importante saúde, educação e saneamento aqui para a população de  Mosqueiro e é isso que estamos fazendo aqui. Esse é um investimento que tem que ser permanente”, defende o prefeito Edmilson Rodrigues. 

Texto:

Fabricio Lopes